POLICARBONATO

O Policarbonato é um plástico de engenharia único, pois combina um alto nível de propriedades mecânicas, óticas e térmicas, proporcionando ao usuário praticidade, economia e segurança. O PC (Abreviação de Policarbonato) é o termoplástico que mais se assemelha com o vidro, só que com a vantagem de ser altamente resistente a impactos, possuir alta resistência térmica e a chamas, baixo peso especifico, grande flexibilidade e versatilidade de usos, além de também oferecer um alto nível de segurança por ser um material auto-extinguível, evitando assim a propagação das chamas.

Características:

As características das chapas de PC garantem a elas grande versatilidade de uso, principalmente em áreas externas além disso podem ser curvadas, processadas por termoformagem a quente, sem perder suas propriedades, O baixo peso relativo das chapas, quando comparadas ao vidro, facilitam o manuseio e garantem maior economia em projetos onde se exige estrutura para suportá-las. O PC pode ser instalado em qualquer tipo de perfil de madeira alumínio e/ou metálico. As Chapas de PC, devido as suas características físico-químicas, para serem processadas, podem ser: serradas; fresadas; estampadas com matrizes para metais; furadas; rosqueadas; polidas; dobradas; coladas (com outros materiais e com ele próprio); rebitadas e moldadas a vácuo (vacuum forming) ou por compressão. Semelhantes ao vidro, porém, com alta resistência a impactos, as Chapas de Policarbonato Compactas são indicadas para uma grande variedade de projetos, tais como:

Aplicabilidades:

  • Painéis
  • Letreiros
  • Luminosos
  • Luminárias
  • Escudos e cabines de proteção
  • Lanternas
  • Faróis
  • Pára-choques
  • Utensílios para fornos de microondas
  • Componentes elétricos e eletrônicos
  • Teclados de membranas
  • Proteção de maquinas e outros projetos.

Resistência Química

  • Ácidos – Não provocam danos em temperatura ambiente e baixas concentrações.
  • Álcoois – Etanol, isopropílico e etílico não provocam danos. O álcool metanol provoca danos ao policarbonato.
  • Álcalis – Não provocam efeitos em temperatura ambiente e baixas concentrações. Concentrações e temperaturas elevadas atacam o policarbonato.
  • Hidrocarbonetos Alifáticos – Não provocam danos ao policarbonato.
  • Aminas – Evite. Atacam quimicamente o policarbonato
  • Hidrocarbonetos Aromáticos – Evite. São solventes que causam severos danos químicos ao policarbonato..
  • Detergentes – Soluções de sabão neutro não provocam danos, porém detergentes altamente alcalinos devem ser evitados.
  • Ésteres – Evite. São solventes que causam severos danos químicos ao policarbonato.
  • Graxas e Óleos – Evite. Muitos aditivos usados nestes materiais causam severos danos químicos ao policarbonato.
  • Hidrocarbonetos Halogenados – Em temperatura máxima de 85ºC não provocam danos Porém a composição química destes produtos tem como base hidrocarbonetos aromáticos devem ser evitados.
  • para mais consulte a TOLDOS CIDADE SOROCABA.
Share